Total de visualizações de página

domingo, 5 de julho de 2015

Coração quebrado



Seu coração é quebrado,
E você depois o cola,
Para mais tarde quebrarem novamente,
Mas você nunca cansa de o colar,
Na esperança de alguém diferente chegar,
E você não mais precisar,
Ver os pedaços espalhados pelo chão do seu quarto,
Acompanhados por lágrimas,
E promessas vazias, de que mudará,
Que não vai mais se entregar.
.
Que tolice, você mesmo sabe,
Logo estará fazendo tudo novamente,
E isso não é feio, muito menos errado,
Horrível mesmo seria se você perdesse essa mania,
De achar que amar vale a pena,
Mesmo que ainda não tenha chegado a pessoa para provar isso,
.
Então vai, se entrega mais uma vez,
E se por acaso , mais uma vez não valorizarem isso,
Se recompõe, você não perdeu nada,
Com tanto amor pra dar,
Perde é quem não quer receber

Autor: Kesso Silvestre

terça-feira, 30 de junho de 2015

Pedaço por pedaço

E você colocou músicas na lista das quais não deveria ouvir,
Rasgou as fotos que te traziam lembranças,
Evitou lugares,
Mas toda vez que se deitava,
Você se lembrava,
De cada detalhe, de cada palavra dita.
De cada promessa não cumprida.
.
E dói, eu sei que dói,
Mas não se remove um amor logo por inteiro,
Ele tem que ser feito devagar,
Tirando pedaço por pedaço,
Até você poder lembrar sem chorar,
Ou poder falar sobre, sem a voz falhar.
.
Muitas vezes é demorado,
Mas espera,
Logo tudo vai acabar,
E você só vai ter a agradecer por tudo que viveu,
Porque sim, isso vai servir muito para ti,
Vai te ensinar a ter amor próprio,
A amar primeiramente a própria companhia,
Para depois permitir alguém se chegar em ti,
Sem nenhum medo, de ter que vê-la ir.

Autor: Kesso Silvestre

( Gif retirado do blog http://pedacoshumanos.blogspot.com.br/)

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Desapegando

E você sabe que estive de coração partido,
Que eu desejei nunca ter te conhecido,
Eu me livrei de todas suas coisas,
Na tentativa de me ver livre de suas lembranças.
.
Ninguém queria me ouvir mais,
Porque tudo era reclamação,
De como você tinha se mostrado diferente do que dizia ser,
Eu parecia um garotinho medroso,
Que tinha tido seu melhor brinquedo quebrado,
E ninguém queria o consertar.
.
Agora finalmente entendi,
Quando me diziam que alguns brinquedos não devem ser consertados,
Que não servem mais para nós,
Porque nós crescemos com o tempo,
E fica sem sentido, manter brinquedos guardados,
O melhor a se fazer é doá-los,
Ou se necessário, jogá-los fora.


Autor: Kesso Silvestre

domingo, 21 de junho de 2015

Me reencontrando

Por um tempo eu tenho me esquecido,
Tenho me deixado de canto,
Para satisfazer as vontades distantes de parecer minhas.
.
Eu estava me tornando um estranho,
Parece que fugir de mim,
E agora que estou querendo voltar,
Tudo está uma bagunça,
Tanto na mente,
Quanto no coração.
.
Mas sei que pouco a pouco tudo voltará ao normal,
Voltarei aos hábitos que tanto gostava de ter,
Recuperarei aqueles sonhos que agora estão escondidos em algum lugar por aqui,
E tratarei de reaver amizades que prometi nunca perder.
.
Tudo vai voltar ao normal,
Não idêntico ao que era antes,
Porque essas fugida serviu como experiência.

Autor: Kesso Silvestre

domingo, 14 de junho de 2015

Ainda não estou pronto



Meu coração está batendo forte,
Meu ar está faltando,
Está na hora de voltar,
De desfazer minhas malas,
E dar um abraço em minha mãe.
.
Quem diria que eu tremeria,
Quando enfrentasse tudo aquilo que almejava,
Quem diria,
Que sentiria tanta falta dos sermões dos meus pais,
Eles estavam certo,
Eu não estava preparado.
.
Mas eu pensei que era só o cuidado que os pais tem,
Aquele medo de libertar os filhos para o mundo,
E eu realmente queria que fosse só isso,
Mas tenho que aceitar,
Ainda sou muito medroso,
Preciso melhorar muito,
Antes de me permitir enfrentar o mundo,
E meus desejos mais profundos.
.
Autor: Kesso Silvestre

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Não foi suficiente



E eu te amei de uma forma tão forte,
De um jeito tão sincero,
Mas pra você, não foi nada demais.
.
Você gostou de brincar comigo,
E gosta de continuar fazendo isso,
Você não se importa,
Com o quanto ainda pode me magoar.
.
Você só quer saber se existe outra pessoa,
Se alguém está sendo capaz de me amar,
Do jeito que você não teve vontade de fazer,
E no fundo, eu sei que tem medo que isso aconteça,
Não porque sente algo por mim,
Mas por causa de umas das loucuras que tem com seu ego.
.
A cada dia me convenço mais,
Realmente nunca te conheci.


Autor: Kesso Silvestre

domingo, 7 de junho de 2015

Vai dar tudo certo

.Sei que os dias estão complicados,
Para todos os lugares que olha,
Tudo parece ser vazio, escuro, solitário,
Mas não desiste, não agora.
.
Sei que você ja se colocou em posição de deterioramento,
Nada que chegue a ti , te alegra,
Porque você se fechou para essa possibilidade,
E ousou esquecer dos momentos que te fizeram felizes,
Eu sei que se buscar na sua memória, vai encontrar pelo menos três momentos que te fizeram sorrir.
.
Então, antes de desistir de você mesmo,
Tenta fazer isso,
E ver, que você pode ser feliz,
Só tem que deixar de lado essa ideia complexa de felicidade,
Sorrir não pode ser forçado, nem planejado,
Você não coloca em sua agenda, amanhã as 10 horas eu vou sorrir.
.
Mas não me entenda errado,
Não quero te forçar a superar nada,
Só torço pára que o faça,
Porque embora não acredite,
A sua luz continua brilhando,
Só que você está tentando escondê-la,
Porque não se acha digna dele,
Mas acredite, você é

Autor: Kesso Silvestre

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Solidão

E eu não quero me sentir só,
Mas que essa não seja a razão pra eu me desvalorizar,
Que eu aceite o medo da solidão,
Mas não faça dele uma corrida contra o tempo.
.
Realmente eu anseio por um alguém,
Mas já nao mais me amedronto com a possibilidade de não chegar,
Tenho gostado do tempo que tenho tido,
Comigo e com meus amigos.
.
Nada melhor que tirar um tempo para se conhecer,
Antes de permitir que outra pessoa chegue,
Para não tornar mais bagunçado,
Algo que já não é tao organizado assim.
.
.
Que o tempo de ser amado chegue,
Já sabendo, que tenho tido todo o tempo para amar,
E tenho abusado dele,
Sem arrependimentos.

Autor: Kesso Silvestre

sábado, 30 de maio de 2015

Melhor separar

Vai soar clichê,
Porque já disse tantas outras vezes,
Mas eu desisto de você,
De nós.
.
Estou cansado,
Das mentiras que você vem contando,
Das mentiras que venho contando para mim mesmo,
Que não estamos estagnados numa relação acomodada.
.
Sei que parece covarde para você,
Mas demorei muito pra decidir,
Eram muitos momentos bons para deixar para trás,
Muitas noites de amor,
Muitas manhãs de conversas no café da manhã,
Me dói só de lembrar que já tivemos esses momentos,
E agora nos tornamos isso,
Um casal sem vida,
Apenas repetindo a rotina diária.
.
Então, não vamos tentar encontrar culpados e aceitar,
Que não é porque o passado foi bom que devemos aceitar qualquer presente,
Para o amanhã não se tornar algo apenas para se arrepender.
Te amo e talvez sempre amarei, mas não é mais o suficiente, desculpa.


Autor: Kesso Silvestre