Total de visualizações de página

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Ainda vai me amar?



Sim, eu ouvi suas promessas,
Cada uma delas,
Elas já ficaram marcadas,
Mas até que ponto posso acreditar?
.
Essa noite você está na minha cama,
Está em meus braços,
Me amando, cuidando de mim,
Mas será que ainda fará isso amanhã?
.
Tenho medo do futuro,
Tenho medo que você fuja quando alguma tempestade vier,
Quando eu falhar,
Quando eu, como qualquer ser humano, errar,
Será que você vai lutar por mim?
Ou vai desistir facilmente?
.
Só te peço uma coisa,
Quando as coisas estiverem dificeis,
Tenta lembrar dessas nossas noites,
Do tanto que te amo,
E não desiste de mim não,
Não desiste de nós,
A gente vale a pena.
.
Autor: Kesso Silvestre


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Ainda acredito no amor



Não existe falta de amor,
Existe a falta de coragem de lutar por mantê-lo,
Porque as pessoas estão achando mais fácil tentar novamente com outra pessoa,
Do que ficar e batalhar por aquele que já sente.
.
As pessoas tem memória fraca,
Ou pelo menos fingem ter,
Quando a tempestade vem,
Elas logo esquecem do tempo bom que já viveram,
Então fogem, se escondem,
Esperando que o tempo limpe,
E quando limpa, eles voltam,
Sem se importar com o que ficou pra trás,
Seguindo sempre em frente, certo?
Não, não acho,
Seguir em frente é a única alternativa para quem já batalhou bastante por algo que queria e não teve resultados,
Não para alguém que simplismente desistiu daquilo que tanto um dia quis, pelo simples medo de tentar, de superar.

A vida não é tão fácil igual quando eramos crianças,
Quando nem entendiamos esse negócio de amar outra pessoa,
A não ser nossos pais e nossos brinquedos,
Mas deixa eu te fazer uma pergunta,
Não sei se vai lembrar, mas se lembrar, pode significar algo,
Quando aquele brinquedo que você amava, quebrava, o que era feito?
Era comprado outro ou consertado?
.
.
Não desista tão fácil de alguém que você ama,
Sim, pode existir outro amor,
Mas quando você se enche de tentativas frustradas,
Você acaba não acreditando em mais nada,
E quando esse dia chegar, não culpe os outros,
Aceite o erro e tente conviver com ele,
Apesar de eu achar, que nunca é tarde demais para mudar,
Agora deixa eu correr, que a chuva já está vindo,
Preciso consertar o telhado,
Porque meu amor está dormindo.
.
Autor: Kesso Silvestre

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Vou ser feliz


E agora eu realmente não me importo,
Com os sussurros das pessoas que se diziam meus amigos,
Com os berros dos que se consideram meu inimigo.
.
Estou aprendendo que eles não mudam nada,
Nunca mudaram,
Eles só me amedrontavam,
E por isso, me negava ser quem eu realmente era.
.
Eu não preciso pedir desculpas,
Não preciso explicar minhas razões,
Sou apenas uma pessoa comum,
Que resolveu seguir seu coração.
.
Então, agora que está ficando tarde,
E ainda tenho medo dessa solidão,
Deixa eu te dizer,
Eu não guardo rancor,
Mas quanto mais rápido perceber que tem uma vida pra viver,
Mais rápido vai entender,
Que não deixarei de sorrir, de viver, por causa de sua opinião,
Ela é sua, você que tem que conviver com ela,
Só tenta achar um jeito que não seja tão doloroso ver outra pessoa feliz.
,
Autor: Kesso Silvestre
.

.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Apenas uma vida

Sim, você cometeu erros,
Todos cometemos,
Mas você escolheu por carregá-los
E isso está tornando teus pés pesados,
Tua mente cansada,
E teu coração saturado.
.
Não deixe que os teus erros se tornem um fardo,
Que impede o teu sorriso,
Use-os de uma forma melhor,
Use-os para se tornar alguém melhor,
Conserte os que der pra consertar,
Tome como aprendizado os que não puder,
Peça perdão, esvazie o coração,
E se permita se dar mais uma chance,
Você também merece ser feliz,
E nós só temos uma vida,
Se não tentarmos agora,
Quando teremos outra chance?
.
Autor: Kesso Silvestre​

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Não posso voltar



Eu tenho sentido tua falta,
A canção da rádio insiste em falar de nós,
Como se tentasse não me deixar te esquecer,
Não me deixar apagar as lembranças que criamos.
.
Dessa vez não vou negar,
Está vazio aqui sem você,
Tenho me entediado constantemente,
Tenho pegado o telefone pra te ligar,
Mas confesso que falta coragem,
Morro de medo de me magoar novamente.
.
Tenho tentado agir com a razão,
E isso significa ficar longe,
Esquecer os planos que fizemos,
Os quais você arruinou,
Mas o coração está gritando mais alto agora,
Estou esperando que ele silencie,
Pra não cometer a burrice,
De votar pra você.

Autor: Kesso Silvestre

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Amor próprio



E antes de dizer em voz alta,
Que não pode viver sem alguém,
Dar uma olhada para o passado da tua vida,
E repara que dar sim;
.
Algumas pessoas tomam outras como necessidade,
Como se fosse o ar que respira,
E essa é uma responsabilidade grande demais para qualquer um,
Permita que a outra pessoa seja apenas algo a mais no teu caminho,
Algo agradável, que te faz sorrir num dia chato,
E não alguém que tem a obrigação de está ao seu lado.
.
Se ame antes de amar qualquer pessoa,
Porque já ficamos frágeis quando amamos,
Se não existir amor próprio,
É como pular de um avião sem paraquedas,
A queda é certa,
E os estragos são indescritíveis.

Autor: Kesso Silvestre

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Não quero te amar

Quantas vezes você vai tentar?
Não estou aqui para te amar,
Para te dar o que você realmente merece,
Não sou o suficiente para você.
E não se ofenda, não faço questão de ser.
.
Os dias com você tem sido bons,
Sua companhia é agradável,
Mas o seu medo de ser quem realmente é,
Me deixa desconfortável,
.
Não que seja uma pessoa ruim,
Não que eu não possa amar você,
Apenas não quero,
J[a cometi esse erro uma vez,
Seria burrice repetir,
Achando que seria diferente,
Só porque você disse,
Que acredita no futuro da gente.
.
Autor: Kesso Silvestre
Amar quem não se ama pelo que realmente é,
É pedir pra sofrer dobrado,
Esse erro já cometi,
E não posso ser burro de repeti,

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Sem perceber, FELICIDADE

E as dores já passaram,
O coração já cicatrizou,
O sorriso está de volta ao seu rosto,
E você nem tinha notado.
.
Você não precisa mais fingir,
O passado não está mais te assombrando,
E a incerteza do futuro,
Que antes te deixava desanimado,
Agora parece um caminho de sonhos,
Que você tinha esquecido que tinha.
.
Não tente entender,
O tempo tratou de te amadurecer,
Tratou de cuidar do teu coração desanimado,
Agora, só felicidade e prosperidade,
Chega de migalhas,
Chega de choro pelos cantos,
Chegou a hora de você vencer,
E fazer essa felicidade permanecer.


Autor: Kesso Silvestre

domingo, 11 de janeiro de 2015

Voltando para casa


E o telefone está desligado,
As redes sociais desativadas,
Você não está mais do meu lado,
E o amor que eu sentia por ti,
Está me abandonando.
.
Eu estou voltando para casa,
Com o sentimento de dever cumprido,
Não deixei nada pela metade,
E nem fiquei culpando o destino.
.
Talvez nunca encontre alguém como você,
E essa realmente não é a intenção,
Apenas estou voltando para casa,
Do mesmo jeito que partir,
Com o coração tranquilo,
Sabendo que é preciso seguir



Autor: Kesso Silvestre